Aftercare ou lavagem cerebral? Os víeis do abuso e da manipulação psicológica

Você conheceu um Dom fantástico, ele é tudo! Ele é o arquétipo do que é um Dom de verdade, é forte, acolhedor, romântico, atencioso, ele fala que irá lhe guiar com disciplina e firmeza, mas sempre com carinho… até as primeiras sessões.

A primeira sessão (ou uma das primeiras) é intensa, você se sente estuprada, seus limites não são reconhecidos nem respeitados… você grita, você implora, mas ele não te escuta, nem a safeword funciona…
A sessão terminou. Você se sente abusada porque limites seus não foram respeitados, está triste, em depressão, se sente imunda, está desesperada e em Sub-Drop.
Mas vem seu TOP com o aftercare. Com carinho, demonstrando empatia, abraçando, beijando, acolhendo você.
Você explica que está se sentindo abusada, que o que ocorreu não era consensual, que ele não respeitou nem a safeword, que você está se sentindo mal, que não é isto aquilo que você pensava fosse uma relação BDSM.
O TOP lhe falará que você na verdade queria, que ele entendeu o seu verdadeiro desejo, ou falará que este processo é necessário para o seu crescimento, ou ainda que ele sabe o que é o melhor para você e você deve confiar nele, tudo isto sempre acompanhado do fato que ele entende o seu desconforto e está ali para lhe consolar, para guiar você no verdadeiro BDSM.
Ele irá falar que você foi fantástica, que a superação dos limites faz de você uma VERDADEIRA submissa, que você é única e especial, depois provavelmente lhe comprará um pequeno presente.
Você irá sentir o calor do seu abraço e de suas palavras… mas o desconforto ficará lá… você se culpará por este desconforto e não o revelará ulteriormente ao TOP nem a ninguém outro pois ele foi tão compreensivo e carinhoso… como decepciona-lo com estas baboseiras? Ele é o Dom, ele sabe o que está fazendo…
Nos dias seguintes ele continuará a elogiar você e alimentar a relação como ninguém fez antes com você…
Perfeito! Neste ponto você está totalmente manipulada. A partir de agora ele poderá fazer qualquer coisa, desde que depois encene o teatrinho do aftercare abusivo.
Quando se sentir novamente mal por ele ter desrespeitado mais uma vez você e seus limites, você cairá de novo na lábia do aftercare de manipulação (ou dominação psicológica como preferir chamar isto). Com o passar do tempo sentirá que DEVE ultrapassar limites para agradar o TOP e ele exigirá cada vez mais. Claro que ele sempre explicará, aftercare após o outro, o quanto você é boa sub e como ele tem orgulho de você, de como está progredindo e de quanto é necessário tudo isto.
Se você tentar resistir a ultrapassar limites ele ficará bravo? Claro que não… ele ficará triste… desaparecerá por um tempinho, fazendo você se sentir culpada ao ponto de espontaneamente querer sofrer além dos seus limites.
Este jogo pode durar muito tempo e envolver várias esferas da sua vida que vão além das práticas, das sessões… ele pode usar o aftercare (momento em que o sub está mais frágil e disposto a ouvir e aceitar) para impor sutilmente outras condições que nem fazem parte da relação BDSM, na sua vida baunilha.
A partir daí você se torna uma pessoa manipulada. Você obedece tudo em qualquer momento, sabendo que será recompensada psicologicamente por isto.
Até que chega um ponto em que você quebra… não consegue ir além e não consegue mais agradar ele… neste momento também ele não ficará bravo. Ele fingirá uma profunda decepção por ter se permitido confiar em você, lhe falará que ele errou e se equivocou em pensar que você seria a sub perfeita, que desperdiçou tempo e muitas energias por algo que não era como ele pensava e que seus limites vão pôr fim à relação, pois ele está a procura da sub de verdade e perfeita que você não é e talvez nunca será.
Você cai em um abismo sem fundo, pensando em tudo que fez até aquele momento e em como isto foi totalmente inútil, em como você é uma inútil…
Aqui há uma bifurcação. Ou você se abre com alguém e este alguém lhe fala para cair fora deste abuso, você se toca de que está sendo manipulada, ou você se culpa ao ponto de voltar nos braços do abusador.
Ele por sua vez irá desfrutar de você por mais um tempo, após o qual simplesmente, não tendo mais que aproveitar, irá largar você de um dia para o outro, de forma abrupta, falando somente que você é imprestável, inútil, que não serve para nada.
Você virá sua vida destruída, tanto a baunilha como a BDSM, por meio de muito tempo de abuso psicológico e físico continuado.

P.S.
– Muitas destas sub conseguem superar o trauma, recorrendo a ajuda de amigos e familiares, felizmente.
– Outras não conseguem, ficam com transtornos comportamentais graves e algumas até tentam o suicídio.
– Algumas poucas conseguem pôr fim à própria vida e ao próprio sofrimento.

Os lobos muitas vezes se disfarçam em pele de cordeiros, e os cordeiros são devorados.

Anúncios

3 pensamentos sobre “Aftercare ou lavagem cerebral? Os víeis do abuso e da manipulação psicológica

  1. Caro Jack já vi D/s assim e sei que existe muita verdade em suas palavras, o erro ai claramente é o caráter do Dominante ou falta dele no caso, a falta de respeito do contrato que é quem impede que essas coisas aconteçam e no caso a falta de força da bottom em si impor na sessão.
    Enfim por isso antes que elas si entreguem é bom buscar referências, Dominadores confiáveis são poucos por isso uma breve pesquisa e as Bottoms terão fácil a quem recorrer na sua iniciação até terem proposta de contrato de D/s.

    Curtir

  2. Pingback: Off-Road | Tecendo a trama

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s